Temos um vencedor para a 2ª Fase da Seleção de Originais Nocaute!

E é claro que gostaríamos de publicar todas as obras que recebemos, mas precisamos repetir: somos uma casa editorial em crescimento. E apostamos todas as fichas na Nocaute. É um grande desafio publicar muitos projetos, principalmente do ponto de vista financeiro. Lembrado, ainda, que a Editora Nocaute não cobra pela publicação de seus livros. Ou seja, investiremos em todos os livros aprovados para publicação. Isto nos permite selecionar apenas os obras que julgamos mais interessantes, sem depender do investimento dos autores. Escritor tem que escrever, o resto nós fazemos!

Tendo dito isso, hoje vamos divulgar o vencedor escolhido pelo público, segundo avaliação da melhor proposta pré-aprovada pela Nocaute e em votação.

No dia 15 de março, divulgaremos o vencedor da escolha dos editores, conforme prometido.

 

Resultado da votação

Foram 1312 votos, divididos pelos livros abaixo:

  • 1º Lugar: 534 votos – “E se Deus fosse negro”, de Israel Marques
  • 2º Lugar: 314 votos – “Estrada de ossos”, de Bruna Karnauchovas
  • 3º Lugar: 265 votos – “A melhor parte da mentira”, de Mohanad Mohamad Odeh
  • 4º Lugar: 126 votos – “Em pele de cordeiro”, de Andreia Evaristo
  • 5º Lugar: 73 votos – “O interrogatório do tubarão de Boa Viagem”, de Paulo André Souza

Parabéns aos participantes e, especialmente, ao vencedor, Israel Marques!

 

O que vai acontecer agora?

Em breve, ele irá receber nosso e-mail de contato. Vamos conversar com os Israel, apresentar nossa proposta e confirmar a possibilidade de um contrato. Havendo acordo entre as partes, daremos prosseguimento nos próximos meses ao processo de edição e publicação.

Apenas para dar mais um gostinho. Abaixo você confere novamente a proposta dele.

E se Deus fosse negro, de Israel Marques
Ian é um menino negro que nasceu na favela e, desde cedo, precisou atravessar pelas dificuldades que a vida impôs. Vendo sua família se desestruturar aos poucos, é atraído pela carreira no tráfico. Sem sucesso, acaba aprendendo várias coisas nas ruas para sobreviver. Enquanto faz malabarismo no farol, conhece Yara que fica em sua mente para sempre. Passa por diversos lugares e acaba voltando ao ponto de início, a praça da Sé, onde um mendigo lhe presenteou com um livro do Malcolm X que mudou sua vida. “As pessoas não compreendem como toda a vida de um homem pode ser mudada por um único livro.” – Malcolm X.

E se você tem interesse em ser notificado sobre as publicações da Editora Nocaute, não deixe de assinar os campos abaixo. A luta continua!


Categorias: Novidades

Vilto Reis

Vilto Reis é um dos editores da Nocaute. Também idealizador do site Homo Literatus, além de apresentador do podcast 30:MIN e de inúmeras séries de vídeos no Youtube. Tem contos publicados nas revistas Pulp Fiction, Flaubert, Raimundo, Pluriversos e no portal hispânico CuentoColectivo. Seu romance "Um gato chamado Borges" foi finalista do Prêmio SESC 2015 e será publicado pela Nocaute.

4 comentários

Vanda Luiza de Souza Netto · 03/05/2018 às 11:15 am

Prezados: não conhecia essa Editora. Estou terminando um livro, quem sabe dá certo? Att, Vanda Luiza.

DANIELLE · 03/17/2018 às 2:05 am

OLá,
Meu coração esta cheio de esperança por a partir de agora fazer parte desta editora(grupo) pois, espero, futuramente enviar-lhes meus manuscritos. Venho aprendendo cada vez mais em cada parágrafo que escrevo. Desenvolvo habilidades, que quando Vilto Reis me envia email já tinha descoberto na minha escrita cotidiana. E, espero na esperança do dia em públicar através desta. Amém!

Daniele

Vanda Luiza de Souza Netto · 03/24/2018 às 7:58 pm

Obrigada, só hoje pude ver o retorno da editora, fiquei sem computador uns dias. Vou acessar e analisar. O livro está quase terminado. Att, Vanda Luiza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *